Outras Trilhas

Qual é a sua bússola?

Ah, as gargalhadas

(Antes de mais nada, perdoem o meu teclado. ele nao sabe o que faz)

Sai do trabalho animada com a ideia de assistir alguns filmes do festival Anima Mundi 2008 Especial Brasilia, exibido no Centro Cultural Banco do Brasil.

Bastaram pouco mais de 40 minutos para que o diretor argentino Juan Pablo Zaramella envolvesse completamente a pequena plateia de 100 pessoas com seu universo de infinitas possibilidades.

Zaramella tem uma linguagem peculiar e utiliza diversas tecnicas de animacao para criticar ditadores (El Guante, Argentina, 2001), satirizar o fanatismo religioso (Lapsus, Argentina, 2007) ou falar de pequenas grandes verdades (Viaje a Marte, Argentina, 2004). As producoes sao impecaveis e o humor, deliciosamente inteligente.

O diretor argentino parece ter arrancado de nos a capacidade de gargalhar com cenas cotidianas esquecidas por nosso apetite por informacao ou pela doenca da falta de tempo. Zaramella mostra que aquilo que nos faz sorrir pode estar ali, bem debaixo do nosso nariz (literalmente).

Com uma boa dose talento e criatividade, ele apenas da um empurraozinho para que possamos participar da farra da vida. E e facil aceitar o convite.

Minha deliciosa noite animada me fez lembrar de como era facil gargalhar quando eu tinha 10 anos. E de como hoje e importante para mim ter vivido essa Maria Estela de pes descalcos na areia branca de Copacabana.

A memoria da infancia e uma parte fundamental do que somos como adultos e, em muitos casos, guia nossas atitudes e decisoes. Essa e o mote principal da nova campanha do UNICEF, que lancamos ontem aqui no Brasil.

O internauta e convidado a contar uma história marcante de seus tempos de criança em um hotsite como forma de envolvê-lo com a causa da infância.

O principal objetivo da ação que lancamos é despertar em quem escreve e lê as histórias o desejo de ajudar meninas e meninos mais vulneráveis e de contribuir com o trabalho realizado pelo UNICEF no Brasil. Deixe la minhas historias de areias.

O internauta também pode ajudar a divulgar a campanha baixando a imagem do brinquedo escolhido com a frase “Eu doei a minha infância” e publicar o relato em seu site pessoal, no seu blog ou em comunidades virtuais como o Orkut.

Conte uma historia no http://www.doeumainfancia.org.br e veja Zaramella!

Anúncios

outubro 10, 2008 - Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , ,

1 Comentário »

  1. «Nada é permanente neste mundo cruel. Nem mesmo os nossos problemas.»

    Visite e participe no fórum «Cais112» onde pode falar de tudo que esteja relacionado com saúde, desemprego, sociedade, desabafos, etc.

    Para que possa encontrar ajuda e ajudar o próximo com as sua experiências.

    Visite-nos e faça do «Cais112» um cais de interajuda para quem mais precisa!

    http://www.cais112.com

    Comentário por martacosta | outubro 13, 2008 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: