Outras Trilhas

Qual é a sua bússola?

Sir Chaplin em 2700 d.C.

Ontem, sexta-feira, (pois é, só ontem) foi dia de estréia de WALL-E nos cinemas mexicanos, com as longuíssimas filas já esperadas em lançamentos de blockbusters do gênero.

É realmente inevitável repetir as já repetidas comparações entre o robozinho da produção Disney/Pixar e Carlitos, o mítico personagem criado por Charles Spencer Chaplin Jr.

No ano de 2700, o vagabundo vivido por Chaplin no século XX reencarna no robô WALL-E, uma espécie de catador do futuro (seu nome é a sigla em inglês para Levantadores de Cargas Desnecessárias da Terra). Ele é uma figura solitária em um mundo tomado pelo lixo produzido pelos humanos, que abandonaram o planeta contaminado em um cruzeiro galáctico de luxo.

O personagem não apenas resgata as geniais técnicas de expressão do cinema mudo. Seus trejeitos lembram muito os do lendário andarilho. Carlitos mantinha sua elegância usando chapéu-coco, um desgastado fraque preto e grandes sapatos velhos, mais largos que seus pés. No futuro hipotético trazido pela animação, Wall-E preserva sua altivez (e eficiência) trocando suas próprias peças por similares encontrados em meio ao lixo.

Mas o que mais aproxima o catador de metal do vagabundo é a “matéria-prima” dos dois personagens. Como Carlitos, Wall-E é uma figura generosa, sensível e eternamente otimista. Consegue encontrar beleza e motivação em um mundo povoado pela adversidade. Sua imagem aparentemente frágil e desengonçada esconde coragem e muita integridade, qualidades cada vez mais raras em seres humanos.

Carlitos é uma das melhores criações dos tempos modernos. Wall-E é apenas mais uma prova de que ela ainda pode comover muita gente. Em qualquer tempo ou espaço.

E esse feito já valeu os longos e ruidosos minutos de espera na fila do cinema.

Anúncios

julho 6, 2008 - Posted by | Café Outras Trilhas | , , , , , , , ,

1 Comentário »

  1. Realmente, o Walle lembra muito o maravilhoso Carlitos, personagem inesquecível de Chaplin. Nos comentários do diretor, ele diz que assistiu a todos os filmes de Chaplin disponíveis em DVD para aprender sobre a arte de se expressar usada no cinema mudo. Mas como você observou, a personalidade do Wall.e também foi influenciada pelo Trump.

    Comentário por zt | janeiro 3, 2009 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: